Segurança cibernética: suporte técnico

Suporte para TI

Quando se trata de garantir 100% de proteção aos sistemas da sua empresa, contar com os equipamentos mais novos e sofisticados do mercado não é o suficiente. O que importa verdadeiramente é que essas ferramentas sejam as mais adequadas para a sua empresa, estejam bem instaladas, ou seja, prontas para funcionar corretamente, recebam a devida manutenção e, se necessário, passem por ajustes para otimizar a sua performance. Caso isso não aconteça, a empresa estará até mesmo se expondo voluntariamente aos riscos mais variados.

Assim, se por um lado, é praticamente impossível sobreviver aos ataques online de hoje com uma política de segurança obsoleta, por outro lado, é ainda pior – e pensamos aqui em termos de impacto financeiro – investir em equipamentos novos e caros e não aproveitar toda a sua potencialidade.

É por isso que existem serviços especializados que se encarregam não apenas de instalar ferramentas, mas também de prestar assessoria completa a todos os problemas. Desse modo, uma defesa de segurança customizada às suas necessidades pode ser implementada com confiança e colocada para funcionar corretamente. Tais serviços dão total tranquilidade na hora de adquirir um novo equipamento ao garantirem um mínimo impacto nas operações.

Falamos, é claro, do suporte técnico. Hoje, dando continuidade à nossa série de cinco artigos inteiramente dedicados à cibersegurança, tratamos mais em detalhe desse tópico tão importante para o contexto das políticas de segurança.

Se nos posts anteriores apresentamos soluções práticas para dar respostas efetivas aos períodos antes, ao durante e depois de sofrer um ataque online, neste artigo mostramos as principais vantagens associadas ao suporte técnico e o que deve ser levado em conta na hora de contratar o serviço mais adequado para a sua empresa.

Continue a leitura e fique por dentro de tudo!

As 5 vantagens de contratar um suporte técnico

#1 Menor custo

Segundo um estudo da Gartner, até 2020 as empresas devem reduzir em até 65% o custo com pessoas na gestão da área de TI, através dos recursos de automação e terceirização no setor. Essa tendência é um reflexo de que, no atual cenário econômico, competitivo e desafiador, cortar despesas é muitas vezes sinônimo de luta pela sobrevivência.

Sabemos que todas as organizações, dos mais diferentes ramos de negócios, precisam da tecnologia da informação para desenvolverem as suas atividades. Contudo, o custo de manter um próprio departamento de TI é muito alto. O suporte técnico apresenta-se como uma excelente solução para esse impasse, oferecendo um serviço com um custo bem menos oneroso.

#2 Suporte 24 horas, 7 dias por semana

Sem dúvida, uma grande vantagem do suporte técnico é a disponibilidade 24×7. Basta pensar nos custos e na logística envolvidos em manter uma equipe de profissionais disponível inclusive em finais de semana e feriados e contrapor isso à comodidade que dispor de algo assim representa. O suporte técnico dá muito mais segurança às empresas, garantindo 100% de cobertura.

#3 Aumento da produtividade

Qual empresa não deseja ter sistemas operacionais disponíveis 100% do tempo? Com um suporte técnico, as chances de isso acontecer são muito maiores, uma vez que as equipes contratadas neste tipo de serviço estão preparadas para atender emergências mesmo fora do horário comercial – é o tal regime 24×7, que referimos no tópico anterior. Além disso, elas prestam monitoramento constante do funcionamento de todos os sistemas e equipamentos internos. Isso, claro, tem um impacto direto na produtividade da empresa, com menos pausas e períodos ociosos.

Conforme referimos de início, o serviço prestado pelo suporte técnico não se limita apenas a corrigir e a reparar. Uma equipe realmente boa pode otimizar os hardwares e os sistemas operacionais, fazendo com que tudo seja executado com mais rapidez e eficiência. Há também uma função de assessoramento que pode ser prestada por essas equipes. Conhecendo de perto a realidade da sua empresa, elas podem sugerir melhorias e inovações na política interna de segurança, recomendando, por exemplo, melhores programas de antivírus e antimalwares.

#4 Expertise em TI

De acordo com um estudo da ZK Research, 69% das empresas carecem de equipes com um nível de conhecimento adequado no que se refere aos complexos desafios de um setor como o de TI. Por outro lado, os especialistas de um suporte técnico são os melhores profissionais do mercado – afinal, disso depende o próprio sucesso das organizações para as quais trabalham.  Especializados e experientes, esses técnicos que têm por obrigação manterem-se atualizados sobre as novidades e os melhores recursos disponíveis no mercado. Por isso, o serviço prestado vem com a garantia de uma qualidade superior. Além disso, se a sua empresa está perdendo alguma produtividade devido à ineficiência das ferramentas disponíveis na empresa, o suporte técnico pode ajudar a encontrar soluções concretas.

#5 Mais flexibilidade

Outra grande vantagem de contratar o suporte técnico é o fato de que ele garante flexibilidade. O serviço contratado permite às empresas escalonar rapidamente uma equipe já treinada para lidar com um repentino aumento de demanda. Desse modo, é possível atender a necessidades sazonais das organizações, apenas solicitando um reforço ao suporte contratado. Pense em como isso é vantajoso em relação à necessidade de contratar, treinar e ambientar as equipes internamente.

O que levar em conta ao contratar um suporte técnico?

Agora que já conhecemos as vantagens associadas à contratação de um serviço de suporte técnico, aqui vão alguns aspectos a serem considerados antes de fechar um contrato.

#1 Identifique suas reais necessidades e expectativas

Qual é o maior desafio enfrentado pela sua empresa na área de cibersegurança? O que mais o preocupa em relação a esse tópico? O que a sua empresa espera de um suporte na área de TI?  Antes de qualquer coisa, responda a essas questões; procure, assim, estabelecer exatamente quais são as principais demandas no setor de TI e o que você espera com a contratação do suporte.  

Você pode também estabelecer metas: reduzir as interrupções do setor X em tantos por cento; diminuir os problemas causados por vírus e outros malware, etc. Com esse diagnóstico prévio, ficará muito mais fácil a comunicação com um possível contratado. 

#2 Liste as tarefas a serem atendidas

Uma vez feita essa identificação das necessidades e expectativas, organize-se: preencha uma planilha, delimitando as rotinas que devem ser atendidas e quais problemas aguardam ser solucionados. Esse exercício de autoconhecimento é fundamental até para a precificação do serviço – a dificilmente você conseguirá obter um orçamento preciso, sem saber o que deve ser executado. Além disso, a definição dos serviços a serem executados é essencial para saber se você está contratando a coisa certa. Imagine que você precisa de profissionais especialistas em segurança na nuvem – de nada adianta, nesse caso, contratar um serviço que não contemple essa área.

A Cisco, a parceira da Sysdata e líder do setor, disponibiliza aqui um questionário simples e fácil de ser respondido, que pode ajudar a identificar o melhor tipo de suporte para cada organização. Aproveite a sua visita ao nosso blog e conheça melhor os serviços que a Sysdata leva até a sua empresa. Entre em contato conosco para uma avaliação agora mesmo.

Por hoje, é tudo. No próximo artigo da nossa série dedicada à cibersegurança, abordaremos quais os equipamentos, ferramentas e recursos são necessários para manter todo o sistema da sua empresa e o seu patrimônio a salvo de um ataque. Cadastre-se agora mesmo para ficar por dentro de tudo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *