Segurança cibernética: depois de um ataque

Tela de programação de software

A segurança cibernética está mais do que nunca na ordem do dia. Os prejuízos bilionários causados pelo cibercrime e as ameaças à operacionalidade e à reputação das empresas afetadas fazem deste tema um dos focos de preocupação das empresas ao redor do mundo.  

Pensando nisso, a Sysdata preparou uma série de cincos artigos inteiramente dedicados à cibersegurança. Nos posts anteriores, apresentamos soluções práticas e inovadoras voltadas para o antes e o durante um ataque cibernético. Hoje, no terceiro artigo, abordamos um tópico cuja importância tem sido frequentemente negligenciada:  quais providências tomar depois de ser vítima de um ataque?

Uma premissa básica do cibercrime é a de que os hackers dependem apenas parcialmente de suas habilidades com a tecnologia para perpetrar, por exemplo, um ataque de ransonware – um crime no qual os dados da empresa são sequestrados e um resgate é exigido para evitar a divulgação de informações sigilosas. O que mais conta a favor dos criminosos? Os próprios usuários, que cometem erros e abrem brechas nas políticas de segurança. É o que mostra uma pesquisa do Rochester Institute of Technology, que analisou as ameaças enfrentadas pelas organizações no primeiro trimestre de 2017 revelou que os hackers ainda dependem muito do comportamento dos usuários. Muitos ataques resultam, portanto, de erros humanos. Ora, se errar é algo natural, aprender com os erros e tomar medidas para não os repeti é fundamental. De fato, é a melhor maneira de evoluir, incorporar uma nova mentalidade e desenvolver novos comportamentos.  

Essa é a premissa básica do nosso artigo de hoje. Nele, mostramos como o suporte técnico pode ser a solução mais viável como resposta a um ataque, representando uma forma de seguir em frente e virar a página ao ajudar a identificar onde foram as falhas, o que fazer para não evitar novos problemas e que medidas adotar para reforçar a segurança. 

Primeiro, mostramos, na prática, por que o suporte técnico é essa estratégia viável e vantajosa em momentos de crise e, em seguida, apresentamos em detalhe o suporte Smart Net Total Care da Cisco, a parceira da Sysdata, que além de ser líder do setor,  é a única empresa a receber a certificação J.D. Power (CTSS) onze vezes. Continue a leitura e fique por dentro!

Suporte técnico: ajuda especializada para aprender com erros

À medida que o cibercrime vai ficando mais complexo e sofisticado, o suporte técnico especializado ganha centralidade. Manter a segurança ativa em todos os momentos, inclusive no período pós-ataque, é responsabilidade para especialistas. Por isso, contratar um suporte técnico no formato de 24 horas por dia, 7 dias por semana, é uma estratégia inteligente para dar uma resposta efetiva em um momento pós-crise, no qual a sua empresa está naturalmente mais fragilizada.

Os profissionais do suporte técnico são especialistas na resolução de problemas. Isso quer dizer que eles terão mais facilidade para identificar os erros que levaram ao ataque sofrido. As equipes internas, muitas vezes generalistas e pouco especializadas, precisariam de mais tempo para realizar testes, autodiagnosticar as falhas e só então propor ações corretivas.

Outro aspecto importante a se levar em conta é que muitas vezes o diagnóstico interno tende a ser enviesado e parcial. Já o olhar externo é sempre mais objetivo e consegue ter uma visão mais ampla e imparcial do real cenário da organização. Além disso, há naturalmente os pontos cegos, ou seja, aspectos que as equipes internas não conseguem enxergar precisamente porque estão demasiado envolvidas com os problemas. O distanciamento inerente a um suporte técnico é, portanto, uma das vantagens da ferramenta em questão.

Outro aspecto importante é que o suporte técnico oferece multidisciplinaridade e atuação em diferentes áreas. Assim sendo, se um profissional do suporte contratado não consegue atender a um determinado problema, ele pode imediatamente delegar a tarefa a um nível mais especializado.

Por último, há também a vantagem de que, com o suporte, caso a quantidade de usuários, aplicações ou chamados de sua empresa aumente ou diminua em determinados períodos, não haverá a necessidade de demissões ou contratações extras. O suporte técnico oferece flexibilidade e atendimento personalizado às suas necessidades.

O Smart Net Total Care é a solução de suporte técnico oferecida pela Cisco. Estudos independentes revelam que, com o conjunto de ferramentas oferecidas, os resultados mais comuns foram uma queda de 65% no risco de novas violações de segurança e 75% de redução nos tempos de interrupção. Tudo isso se reflete, claro, em vantagem financeira – uma economia da ordem de mais de R$ 6 milhões e uma redução de aproximadamente R$ 500 mil no custo das operações.

A seguir, vejamos em detalhe o que o Smart Net Total Care tem a oferecer à sua empresa.

Smart Net Total Care: suporte especializado 24×7

O Smart Net Total Care da Cisco é um serviço de especialistas colocados à sua disposição 24 horas por dia, 365 dias por ano. Eles são treinados para consertar, substituir e manter os equipamentos funcionando o tempo todo, mesmo depois dos ataques mais robustos. O prazo para os consertos?  Apenas incríveis duas horas!

O Centro de Assistência Técnica substitui hardwares e procede a todas as atualizações de software necessárias, prestando apoio e direcionamento nos momentos de crise. Há telas personalizáveis que mostram informações atualizadas sobre a cobertura do serviço, o ciclo de vida de todos produtos e os alertas que se aplicam à sua rede. Além disso, o Smart Care oferece a possibilidade de participação discussões em fóruns digitais e o acesso funcionalidades que garantam mais inteligência para gerenciar seu inventário de equipamentos.

As ferramentas de autoatendimento online englobam uma ampla biblioteca de conhecimentos, downloads de software e acesso a ferramentas de suporte projetadas para ajudar a identificar e solucionar problemas com rapidez. O Smart Net Total Care também oferece relatórios práticos de diagnóstico do estado da organização e total suporte a produtos da Cisco.

Com todas essas funcionalidades e aliado às vantagens que referimos de início, o Smart Care é a solução ideal para blindar a sua empresa depois de um ataque, turbinando a eficiência operacional com ferramentas de gerenciamento proativo e processos automatizados.

Por hoje, é tudo. Neste post, mostramos o caminho a seguir no período pós-ataque. No próximo artigo, o quinto e último da nossa série dedicada à cibersegurança, abordaremos quais os equipamentos, ferramentas e recursos são necessários para manter todo o sistema da sua empresa e o seu patrimônio a salvo. Traremos uma espécie de “checklist” com o resumo de que tudo o que você precisa fazer e implementar na sua empresa de modo a reduzir as chances de ser vítima do cibercrime. Cadastre-se agora mesmo para ficar por dentro de tudo!

Em parceria com a Cisco, a Sysdata está preparada para oferecer proteção de última geração ao seu negócio. Aproveite a sua visita ao nosso blog e entre em contato conosco para uma avaliação agora mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *