Home-office? Os dados da sua empresa estão sendo expostos!

homem roubando dados de computadores de uma empresa

Tendência cada vez mais comum em empresas e profissionais pelo mundo afora, o trabalho remoto ganhou um incentivo sem precedentes com a pandemia da Covid-19.

No Brasil, milhares de empresas e órgãos públicos encontraram nessa solução uma maneira de manter a produtividade e, ao mesmo tempo, preservar a saúde dos funcionários. Especialistas preveem que essa é uma tendência que veio para ficar e calculam que é possível antever um aumento de cerca de 30% no crescimento da adoção do chamado “home-office” no Brasil mesmo após a pandemia.

Essa novíssima conjuntura impõe alguns desafios para as empresas. A segurança dos dados é talvez o maior deles. Calcula-se que em 65% dos casos os funcionários trabalham em seus computadores pessoais, sujeitando as informações corporativas a ataques como: malware, rasonware e phishing, o que pode levar a prejuízos financeiros fatais.

Estudos mostram que 58% de todos os ataques cibernéticos são aplicados em empresas de pequeno e médio porte, precisamente as menos protegidas. Os impactos são enormes e podem levar até a falência. Segundo a Consultoria e Inovação de CyberSecurity da Embratel, cerca de 60% das pequenas empresas não conseguem manter o negócio por seis meses após um ciberataque.

Por isso, a hora é de reforçar a estrutura de segurança da sua empresa. No post de hoje, mostramos como as tecnologias e ações da Safetica, parceira da Sysdata, podem te ajudar nessa tarefa, garantindo a integridade dos dados corporativos. Vem com a gente!

 

As linhas de ação da Safetica

A Safetica mantém os dados das empresas protegidos em vários canais e plataformas, com base em três frentes de ação:

– Proteção de dados propriamente ditos, por meio de sistemas que promovem a segurança em relação a ataques externos e também por meio do controle de quem os acessa. Nesse contexto, têm destaque as nossas soluções DLP (Data Loss Prevention);

– Análise do comportamento dos usuários, que permite a análise do trabalho remoto – por exemplo, sistemas acessados e uso de recursos;

– Controle de dispositivos conectados, com o estabelecimento de quais dispositivos portáteis podem ser usados​, e controle de mídia não autorizada.

 

O desafio de proteger dados durante o home-office

Vejamos em detalhe quais ações de TI podem ser executadas imediatamente ou dentro de algumas horas, local ou remotamente, para manter os dados protegidos:

 

Em caso de uma situação inesperada

A situação pode ser abordada de maneira eficaz e radical, simplesmente com a “desativação de tudo” e a liberação da permissão de acesso sob demanda para determinados usuários, quando necessário. O Safetica Device Control dá às empresas essa opção.

 

Proteção dos acessos

– Com a Safetica, a sua empresa tem configuração adequada das funções do usuário e acesso aos variados sistemas, usando o Active Directory (AD).

– Se necessário, é possível ativar uma proteção de acesso adicional. A validação pode ser garantida neste caso usando os chamados autenticação multifator (que, geralmente, se dá por meio de dois fatores). Isso ajuda a autenticar usuários usando SMS ou códigos numéricos gerados, por exemplo, no celular da organização.

 

Conexão remota à sua rede

Idealmente, uma rede virtual privada (VPN) deve ser implantada para um trabalho remoto seguro. Isso se dá com uma conexão particular dos computadores à sua rede e aos sistemas, assegurando a integridade de dados e armazenamentos confidenciais.

 

Proteção dos equipamentos de trabalhos

Na Safetica, a proteção dos equipamentos de trabalho usados no home-office são objeto de especial cuidado. Vejamos algumas ações que recomendamos durante o home office e que ajudamos a implementar:

– Os dispositivos nos quais os dados da sua empresa são armazenados devem ser discos rígidos criptografados.

– Entre os equipamentos de trabalho, os laptops são uma categoria bastante comum e representam riscos especialmente altos. Os HDs devem ser criptografados antes de serem usados pelos funcionários, de modo a proteger a estação de trabalho de vazamentos em caso de perda ou roubo do dispositivo.

–  Os perfis de trabalho dos usuários devem ser separados de outros perfis, como os dos usuários domésticos, para evitar acessos por usuários não autorizados; os perfis podem ser separados no sistema operacional e em navegadores da Web.

– Em casa, o armazenamento externo ou em dispositivos de terceiros também é mais frequente. Tais dispositivos são depois conectadas a notebooks da empresa, o que aumenta o risco de transmissão de malwares e também abre portas para roubo de dados confidenciais. Tudo isso pode ser gerenciado com Safetica Device Control, a solução para o controle de dispositivos.

 

Implementando uma proteção de dados inteligente

Com base na nossa expertise, recomendamos que os administradores de TI diferenciem entre o horário oficial de trabalho e o fora do horário de trabalho para os seus usuários. Isso permite monitorar de perto as atividades e incidentes de segurança fora do horário comercial, que frequentemente envolvem tentativas de acesso a dados confidenciais ou acessos não autorizados a sistemas internos.

A Safetica oferece configurações de horário não comercial também disponíveis no macOS, para oferecer, além da referida segurança, um equilíbrio saudável entre vida pessoal e trabalho

Não é exagero afirmar que este é um dos momentos mais críticos em termos de cybersegurança que as empresas viveram nas últimas décadas. Mais do nunca, é preciso estar preparado para os desafios que o trabalho remoto traz consigo. Afinal, disso depende a própria saúde financeira e operacional das organizações.

Confie os seus dados a quem realmente é especialista em segurança: conte com a Sysdata Tecnologia e com os nossos parceiros. Entre em contato conosco para uma avaliação sobre como levar as soluções da Safetica descritas neste artigo para a sua empresa!

Até o próximo post!

Sysdata –Tecnologia da Informação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *