Como manter a segurança dos dados das empresas durante o trabalho remoto?

Homem trabalhando em um café

O trabalho remoto, que já vinha sendo uma tendência cada vez mais comum em empresas e profissionais no Brasil e pelo mundo afora, ganhou um estímulo sem precedentes com a recente eclosão da pandemia de Coronavírus.

Milhares de empresas e órgãos públicos encontraram nessa alternativa uma forma de manter a produtividade e, ao mesmo tempo, preservar a saúde dos funcionários. Segundo um levantamento da empresa Hibou e da plataforma de dados Indico, do qual participaram 2.400 entrevistados em todo o país, 59,9% dos brasileiros está trabalhando a partir de suas casas.

Os especialistas preveem que essa é a uma tendência que veio para ficar. Segundo André Miceli, da Fundação Getúlio Vargas (FGV), é possível antever um aumento de cerca de 30% no crescimento da adoção do chamado “home-office” no Brasil mesmo após a pandemia. Logicamente, essa situação coloca alguns desafios para as empresas. Além do controle da produtividade, a segurança dos dados é um aspecto extremamente preocupante.

Segundo um estudo realizado pela IBM em parceria com o Instituto Ponemon, no Brasil, o custo médio de uma violação da cibersegurança é de R$ 1,24 milhão. Além disso, um dado fundamental para entender os desafios que o trabalho remoto coloca para as empresas tem que ver com fato de que apenas 20% desse tipo de incidente é causado por atos deliberados – ou seja, 80% dos vazamentos são devidos a erros humanos, relacionados a falta de cuidado, a falta de conhecimento de TI, a perda ou roubo de dispositivos ou até mesmo a preguiça. Trabalhando em casa, longe das estruturas tecnológicas das empresas, é de se esperar que os funcionários estejam ainda mais sujeitos a tais erros.

No post de hoje, a Sysdata Tecnologia apresenta o nosso mais novo serviço e nosso mais novo parceiro: a tecnologia para segurança de dados Data Loss Prevention (DLP), da Safetica. Se a sua empresa está trabalhando em regime remoto e você está preocupado com a segurança dos seus dados, então continue a leitura porque este post é para você.

Em seguida, vamos mostrar como a Safetica ajuda a proteger as empresas de possíveis ciberataques neste novo contexto ainda mais desafiador.

 

O desafio de proteger dispositivos de trabalho em casa

Trabalhar remotamente geralmente significa levar dispositivos de trabalho para casa ou trabalhar com dispositivos que pertencem aos próprios funcionários (computadores ou celulares, por exemplo). Isso logicamente envolve cuidados adicionais de segurança.

– O Safetica Device Control oferece total gerenciamento dos dados da sua empresa, mantendo-os protegidos nesta fase crítica. O software agora também está disponível para macOS.

– Os dados pessoais e os da empresa acessados em um mesmo dispositivo móvel podem ser mantidos separados com a nova geração do Safetica Mobile, que integra o Android Enterprise Mobile Management.

– É possível oferecer um equilíbrio saudável entre vida pessoal e de trabalho de seus usuários com configurações de horário não comercial também disponíveis no macOS.

 

Conformidade no trabalho remoto

Durante o trabalho remoto seguro, a Safetica também ajuda a implementar as seguintes medidas:

– Proteção aos arquivos da empresa quando os usuários se conectam aos dispositivos de trabalho remotamente com a tecnologia para segurança de dados DLP na área de trabalho remota. Isso mantém a segurança das transferências sensíveis de dados e das transferências remotas de arquivos em geral.

– Classificação adequada da segurança dos dados. Os usuários, geralmente, sabem com quais dados estão trabalhando e quão sensíveis eles são; assim, eles podem classificar documentos usando a nossa nova classificação integrada de dados baseada no usuário.

– Adoção de políticas de segurança especiais. As nossas políticas de DLP para tipos de dados combinados permitem direcionar dados específicos com mais precisão – por exemplo, criar políticas especiais para documentos classificados com dados sensíveis específicos.

 

A falta de interação humana em empresas remotas

A adoção do trabalho remoto coloca muitos desafios, seja no controle da produtividade, na transparência, na comunicação, no tempo de reação ou mesmo com questões interpessoais. Para lidar com isso, a identificação rápida de problemas é essencial.

O novo relatório de atividades de trabalho da Safetica pode ser usado para obter uma visão geral rápida e abrangente da sua empresa e identificar problemas sem atrasos desnecessários. O Team Mood é uma ferramenta que permite que os gestores entrem em contato com seus funcionários e verifiquem como eles estão usando os recursos móveis.

 

Faça mais com o DLP

Com as ferramentas já apresentadas e, o DLP proporciona um robusto controle dos dados.

– Envio de e-mail com análise de conteúdos e anexos, permitindo o envio somente para o domínio da sua empresa ou para um domínio previamente cadastrado como confiável;

– Bloqueio de envio de arquivos via softwares como Microsoft Teams, Skype e WhatsApp;

– Restrição de upload e download de arquivos de fontes como Web, FTP, Cloud, compartilhamento de rede;

– Bloqueio de impressão de documentos (Impressoras físicas e lógicas);

– Impedimento de “print screen” (foto de telas de dispositivos) e cópia de conteúdo do arquivo (ctrl+c, crtl+v);

– Controle de portas USB, bluetooth, IR, porta COM, leitores e gravadores de CD/DVD/blueray;

– Uso de criptografia de discos e pendrive.

Não é exagero afirmar que este é um dos momentos mais críticos em termos de cibersegurança que as empresas viveram nas últimas décadas. Mais do nunca, é preciso estar preparado para os desafios que o trabalho remoto traz consigo. Afinal, disso depende a própria saúde financeira e operacional das organizações.

Confie os seus dados a quem realmente é especialista em segurança: conte com a Sysdata Tecnologia e com os nossos parceiros. Entre em contato conosco para uma avaliação personalizada agora mesmo!

Até o próximo post!

 

Sysdata –Tecnologia da Informação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *